Bolsonaro se reúne com Valdemar Costa Neto para tratar sobre ida ao PL

Presidente disse que há 99,9% de chance de se filiar ao partido, mas ainda precisa acertar detalhes sobre as candidaturas em São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai se reunir nesta quarta-feira (10/11) com o presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, para acertar filiação à sigla. A reunião foi confirmada pelo mandatário em entrevista à Rádio Cultura FM (ES) na manhã desta quarta, mas detalhes sobre local e horário do encontro não foram informados. A reunião não consta na agenda oficial divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom).

Bolsonaro afirmou que há muita especulação em torno das circunstâncias da ida dele ao partido, mas afirmou que o martelo deve ser batido hoje. Bolsonaro vinha dizendo que estava entre três partidos: PP, PL e Republicanos (antigo PRB). Há um acordo para que o PP indique o candidato a vice na chapa de Bolsonaro em 2022.

“Tem muita especulação. ‘Ah, o vice vai ser do PP’. Hoje eu vou conversar com o Valdemar Costa Neto, que é o presidente do PL. Uma última conversa com ele. Eu acho que nós devemos bater o martelo hoje”, disse Bolsonaro.

Questionado se a ida ao PL está confirmada, Bolsonaro respondeu que há 99,9% de chances. “Depende da última conversa hoje. Está bastante encaminhado”, finalizou.

Segundo o presidente, falta ser acertado um “pequeno detalhe” sobre as candidaturas em São Paulo. “Com todo respeito ao Espírito Santo, São Paulo tem mais de 30 milhões de eleitores. É o maior colégio eleitoral do Brasil. É o estado que tem o segundo maior PIB do Brasil”, pontuou.

“Se eu vier a disputar a reeleição, eu quero ter um candidato ao governo do estado em São Paulo, um candidato ao Senado e uma boa bancada de indicados. E está faltando acertar esse pequeno detalhe com o Valdemar, que eu acredito que a gente acerte no dia de hoje. Agora, tem um fato novo extremamente relevante para o PL: é a possível ida do presidente da República para lá. Eu vou levar mais solução do que problemas.”

No fim do mês de outubro, Costa Neto, que foi condenado no esquema do mensalão, formalizou o convite a Bolsonaro por meio de um vídeo, no qual ele aparece convocando também os filhos e os apoiadores do mandatário para o PL.

Segundo apuração do colunista do Metrópoles Igor Gadelha, o presidente do PL estaria ameaçando deixar a base do presidente caso ele não se filiasse à sigla. Nos bastidores, dirigentes do PL teriam mandado recados ao Palácio do Planalto de que o partido pode desembarcar do governo, caso o presidente da República opte por outra sigla.

Data de filiação

A data da cerimônia que vai oficializar a filiação de Bolsonaro ainda está em discussão, mas o PL trabalha para que a formalização ocorra na próxima semana, em 22 de novembro, data que remete ao número da sigla nas urnas.

1/3
Valdemar da Costa Neto, presidente nacional do PL
Valdemar Costa Neto, presidente nacional do PL
Presidente Jair Bolsonaro