Bolsonaro sai e vai à 302 Norte, onde moram Eduardo e Onyx

No sábado, o presidente foi ao Palácio do Planalto, onde cumprimentou apoiadores e gerou aglomeração

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), deixou o Palácio do Alvorada na manhã deste domingo (19/04), por volta das 11h30, e foi para a 302 Norte.

No prédio, moram um dos filhos do chefe do Planalto, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM).

No sábado (18/04), Bolsonaro foi ao Palácio do Planato, onde cumprimentou apoiadores que o aguardavam no local. Na ocasião, ele disse que “70% da população brasileira vai ser contaminada” pela Covid-19.

“Não adianta. Se não for hoje, vai ser semana que vem, mês que vem, é uma realidade. Devemos é cuidar dos mais idosos e daqueles que têm problema de saúde. Os demais têm que ter cuidado, mas têm que trabalhar”, afirmou.

Em seguida, contrariando o que ele próprio disse em live, o presidente abraçou e tirou fotos ao lado destes apoiadores, causando, de novo, aglomeração em torno de si. Minutos antes, ele havia afirmado que “não chegaria muito perto” para não ser criticado.

Do Planalto, o presidente foi para o Quartel General do Exército, no Setor Militar Urbano (SMU). Ao retornar, em seguida, para o Palácio da Alvorada, convidou uma família que o esperavam no local para entrar — eles foram levados em um carro logo após o comboio presidencial.