Após atingir 53% de rejeição, Bolsonaro faz live de quinta; veja

Esse é o segundo recorde negativo do presidente. Em julho, 51% das pessoas consultadas pelo Datafolha reprovavam o chefe do Executivo

atualizado 16/09/2021 19:11

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realiza, na noite desta quinta-feira (16/9), sua tradicional transmissão semanal ao vivo nas redes sociais.

Acompanhe:

A live ocorre horas após um levantamento divulgado pelo Instituto Datafolha apontar que o chefe do Executivo atingiu a maior rejeição desde o início do mandato: 53%.

Esse é o segundo recorde negativo do presidente. Em julho, 51% das pessoas consultadas pelo Datafolha reprovavam Bolsonaro. A oscilação negativa está dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O presidente é avaliado como bom ou ótimo por 22% da população – variação negativa dos 24% da pesquisa anterior, que já indicava o índice mais baixo de seu mandato. Consideram a atuação do presidente como regular 24%, mesma proporção de julho.

Segundo o instituto, a tendência de rejeição pode ser explicada pela crise econômica que o país atravessa em razão da pandemia de coronavírus, com inflação alta e preços de combustíveis e alimentos em disparada.

O levantamento mostra que a rejeição ao presidente entre quem ganha entre cinco e 10 salários mínimos aumentou de 41% para 50%, de julho para setembro. Estudantes, gays, jovens e negros são os que mais reprovam Bolsonaro.

A pesquisa Datafolha foi feita entre 13 e 15 de setembro, quando o instituto ouviu presencialmente 3.667 pessoas com mais de 16 anos, em 190 municípios de todo o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Últimas notícias