Ao lado de Maia, Bolsonaro participa de workshop sobre novo caça da FAB

A empresa sueca Saab, que fabrica o avião F-39E, o Gripen, quer que o governo brasileiro ajude a abrir mercado para o caça na América Latina

atualizado 27/10/2020 20:43

Igo Estrela/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou nesta terça-feira (27/10) de um workshop promovido pela Aeronautica sobre o novo caça F-39E Gripen, na Base Aérea de Brasília.

Do evento também participaram o vice-presidente, Hamilton Mourão, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ministros do governo e os chefes das três Forças Armadas.

Também esteve presente a embaixadora da Suécia no Brasil, Johanna Brismar Skoog, país que produz o avião. A empresa sueca Saab, que fabrica o avião F-39E, o Gripen, quer que o governo brasileiro ajude a abrir mercado para o caça na América Latina.

O primeiro dos 36 jatos comprados pelo Brasil foi apresentado na sexta-feira (23/10) da semana passada. A compra, com transferência de tecnologia, foi firmada ainda no governo de Dilma Rousseff.

A produção da aeronave está sendo desenvolvida e melhorada em parceria com a Aeronáutica e empresas nacionais. “Estamos avançados na transferência de tecnologia”, disse o coordenador do projeto na Aeronáutica, major brigadeiro Malta, que está à frente da comissão coordenadora das aeronaves de combate.

0

“Tanto Suécia quanto o Brasil teriam condições de compartilhar essas vendas para outros países. Tudo isso só está sendo possível graças ao apoio do presidente Jair Bolsonaro e do presidente Rodrigo Maia”, disse Malta.

Sem citar o nome da ex-presidente petista, o militar elogiou a forma que o acordo foi fechado nos governos petistas. “Temos um legado muito grande dentro dessa estrutura que foi idealizada. Ela pode perenizar a atividade da indústria brasileira, não só do programa Gripen, mas para os próximos 40 anos”, disse Malta.

Últimas notícias