Senado aprova luto oficial no Congresso por morte de João Gilberto

O velório do cantor foi realizado no Theatro Municipal do Rio e o corpo foi enterrado em Niterói, nessa segunda-feira

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 09/07/2019 23:04

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (09/07/2019) requerimento para decretar luto oficial nos próximos três dias, no Congresso Nacional, por causa da morte do cantor e compositor João Gilberto, criador da Bossa Nova.

Um requerimento do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi aprovado simbolicamente no plenário. Ele destacou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não decretou luto oficial no país ao fazer a solicitação ao presidente do Senado e do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

João Gilberto morreu aos 88 anos, no Rio de Janeiro, por causa ainda não informada.

Diversas personalidades, artistas e políticos se manifestaram sobre a despedida do pai da bossa nova. O velório do cantor foi realizado no Theatro Municipal do Rio e o corpo foi enterrado em Niterói, nessa segunda-feira (p8/07/2019).

Últimas notícias