*
 

A reprovação ao governo de Michel Temer (MDB) é de 72%, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira (5/4). O índice caiu dois pontos percentuais em relação ao levantamento anterior, de dezembro último. Na comparação com setembro de 2017, período de menor popularidade do presidente, houve queda de 5 pontos percentuais. A redução entre os que consideram a gestão ruim ou péssima foi resultado do aumento na avaliação regular, que passou de 16%, em setembro, para 21%, em março.

No geral, os indicadores que medem a popularidade de Temer praticamente não mudaram na comparação com dezembro de 2017. O percentual dos que avaliam o governo como ótimo ou bom oscilou de 6% para 5%, o de aprovação à maneira de governar do presidente manteve-se em 9% e o dos confiantes no emedebista passou de 9% para 8%.

Reprodução

Com relação às nove áreas de atuação do governo, os índices também se mantiveram praticamente inalterados. Na área da segurança pública, a mudança foi mais sensível. O percentual dos que aprovam as ações e políticas do governo oscilou de 11% para 14% e o dos que desaprovam, de 86% para 84%.

As notícias sobre corrupção continuam em destaque na memória dos entrevistados. A intervenção federal no Rio de Janeiro e a reforma da Previdência completam a lista dos temas do noticiário recente mais lembrados pela população

A pesquisa ouviu 2 mil pessoas, em 126 municípios, entre o dias 22 e 25 de março. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

 

 

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação

Leia mais: Política