*
 

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou a viagem que faria à Europa nesta semana por motivos de saúde. As informações são da Folha de São Paulo. Afônico e com febre alta, Guedes está impossibilitado de deixar o Rio de Janeiro e deve repousar para tratar uma infecção.

Ele viajaria juntamente com o também futuro ministro Sérgio Moro para a Espanha. Lá, Paulo Guedes participaria de um seminário organizado pelo escritor peruano Mario Vargas Llosa. Estavam previstas na agenda do braço direito de Bolsonaro reuniões com investidores em Londres, capital inglesa.

Confira abaixo, nota na íntegra da assessoria de Paulo Guedes:

“Por recomendação médica, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou sua participação no evento ‘Grandes desafios da América Ibérica’, organizado em Madri pela Fundación Internacional para la Libertad, presidida pelo escritor Mário Vargas Llosa.

Guedes participaria, ao lado do também futuro ministro Sérgio Moro, de um painel intitulado ‘Brasil, principais alinhamentos do novo governo’, mediado por Vargas Llosa.

Guedes está com febre alta, resultante de uma infecção viral nas vias respiratórias. O médico que o examinou recomendou repouso absoluto e desaconselhou viagens de avião nesta semana. Portanto, será adiada também a série de eventos, previstos para ocorrerem também esta semana na Europa, com o objetivo de apresentar a agenda econômica do próximo governo para grandes investidores interessados no Brasil e mídia especializada”.