Para Guedes, quem pede subsídios para a União “quebra” o Brasil

Ministro declarou que aqueles que pedem ajuda fiscal ao governo devem oferecer algo em contrapartida

Foto: Rafaela Felicciano/MetrópolesFoto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 13/02/2019 11:14

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou que antes de se fazer qualquer pedido de subsídio ao governo é preciso mostrar o que pode ser oferecido ao país, e que aqueles que vêm a Brasília em busca de ajuda da União são os que quebraram o Brasil.

Segundo divulgado pelo jornal Folha de São Paulo, o ministro fez a declaração na manhã desta quarta-feira (13/2), durante o evento de lançamento de uma ferramenta digital que publica os gastos com viagens de servidores e autoridades.

A equipe econômica encabeçada por Guedes defende a redução dos gastos do governo e a diminuição de auxílios desde a eleição do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O ministro também falou sobre a crise fiscal dos estados, e disse que o tribunal de Contas da União (TCU) terá que ajudar os tribunais estaduais, que, para Guedes, são os responsáveis pela crise financeira dos estados. Segundo o ministro, o governo está trabalhando para que os tribunais estaduais tenham a mesma eficiência do TCU.

Últimas notícias