*
 

O juiz federal Sérgio Moro comentou nesta segunda-feira (5/11) a decisão de deixar a Operação Lava Jato para comandar o Ministério da Justiça no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).  Moro disse que não se vê ainda “como um político verdadeiro”. “Não pretendo jamais disputar qualquer espécie de cargo eletivo. Mas, no Ministério da Justiça e Segurança Pública, para mim, eu estou em uma posição técnica, para fazer o meu trabalho”, ressaltou. A informação é do portal G1.

Moro palestrou em um evento sobre o mercado de construções sustentáveis no Brasil e no mundo, realizado em Curitiba.

“Eu, aqui, faço uma respeitosa divergência, não me vejo ingressando na política, ainda como um político verdadeiro. Para mim, é um ingresso num cargo que é predominantemente técnico”, afirmou.

O magistrado disse ainda que, como ministro, vai trabalhar com aquilo que conhece, que é a Justiça. Na palestra, que durou cerca de uma hora, o juiz ressaltou que mantém válida a promessa que fez anos atrás, de que jamais entraria na política.