Ministro: governo trabalha na eleição de membros do Conselho de Cinema

Órgão foi transferido em julho para a Casa Civil após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticar o financiamento de filmes

Valter Campanato/Agência BrasilValter Campanato/Agência Brasil

atualizado 16/08/2019 17:07

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, disse nesta sexta-feira (16/08/2019) que o governo está trabalhando para a eleição de membros do Conselho Superior de Cinema. O órgão foi transferido em julho para a Casa Civil após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticar o financiamento de filmes como “Bruna Surfistinha”.

Terra disse que está avaliando critérios para que filmes bancados pelo Fundo Setorial do Audiovisual da Ancine tenham bilheterias maiores.

“Mais da metade dos filmes brasileiros não têm mil pessoas assistindo. Todos com investimento de três, quatro, cinco milhões”, comentou Terra.

O ministro declarou que, hoje, “qualquer filme entra na fila, é aprovado e recebe o dinheiro”.

Em transmissão nas redes sociais, na quinta-feira (15/08/2019) o presidente Bolsonaro disse que “já tinha degolado todo mundo” na Ancine, se os diretores não tivessem mandato.

Na transmissão, Bolsonaro apresentou uma lista de filmes que, segundo ele, seriam financiados com autorização da agência. As obras abordavam assuntos do universo LGBT e de minorias. “Conseguimos abortar essa missão”, disse o presidente.

Últimas notícias