*
 

A pediatra Mayra Pinheiro foi convidada para assumir a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (STGES). O convite foi feito pelo futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS). A pediatra ganhou projeção nacional ao se opor à participação de médicos cubanos no Programa Mais Médicos, uma das atribuições da secretaria que Mayra assumirá. As informações são do site UOL.

No início da tarde desta quarta-feira (5/12), a médica fez uma postagem em sua página na rede social Facebook de uma foto onde aparece ao lado de Mandetta. Na legenda, ela confirma ter aceitado o convite do futuro ministro e diz que trabalhará incansavelmente ao lado de Mandetta (confira abaixo).

O próximo ministro da Saúde é deputado federal e líder da Frente Parlamentar da Medicina, de onde partiu a indicação da pediatra. Mayra Pinheiro é professora universitária e presidiu o sindicato dos médicos de 2015 a 2018. Ela também fez parte da Frente Parlamentar de Saúde no Congresso, onde participava como integrante da sociedade civil.

Em 2013, médicos cearenses tiveram visibilidade nacional ao receber os profissionais cubanos participantes do Mais Médicos com vaias e gritos de “escravos”. Mayra Pinheiro nega a participação no ato, mas diz que sempre foi contra a maneira como o programa foi formado. “A minha posição sempre foi de ser contra não à vinda de cubanos, mas de intercambistas sem revalidação e pessoas que vieram do programa de cooperação internacional”, disse .