Categorias: Política

“Cada hora é decisiva para aprovar a Previdência”, diz Rodrigo Maia

Compartilhe

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que vai trabalhar para dar início à votação do texto-base da reforma da Previdência ainda nesta terça-feira (09/07/2019). Segundo o parlamentar, a sessão desta tarde começará com debate e a expectativa é de que, no início da noite, comece o processo de votação.

Para isso, Maia explicou que é preciso garantir o quórum de, ao menos, 490 parlamentares dos 513 na Casa “para não perder a votação”. “Ontem [segunda-feira], até as 22h, tínhamos 400 deputados. Mas precisávamos chegar a 490”, acrescentou.

O parlamentar comentou ainda que, até o momento, não há um acordo fechado quanto à apresentação de destaques, mas somente uma sugestão de um partido da maioria que deve ser levada ao plenário. O restante seria da oposição.

Para evitar uma sessão só de obstrução, Maia quer fazer um acordo com a oposição para ter a tarde inteira de debates. “É melhor todo mundo do que ter uma sessão de obstrução. Você troca obstrução por debate. E cada um defende seu ponto de vista”, pontuou.

“Agora, cada hora é decisiva. Até as 15h, vou ter que saber quantos deputados estão em Brasília. Isso é decisivo. Aparece um problema, resolve. Aparece outro, resolve o outro. Então, a cada momento, a gente tem de ir cuidando com muita atenção para não desorganizar a votação”, frisou Maia. “Uma votação com a necessidade de ter 308 votos significa que a gente tem de ter 350, 360 de expectativa de voto”, prosseguiu.

Apesar de o líder do PSL na Câmara, delegado Waldir (GO), afirmar que a votação pode se estender até a tarde de sábado (13/07/2019), Maia acredita que seja concluída até sexta-feira (12/07/2019).

“O segundo turno é mais rápido do que o primeiro porque só pode ter destaque supressivo. Se conseguir um número de parlamentar para começar a votar nesta madrugada e seguir com destaques amanhã [quarta-feira], passa a ter quinta e sexta para o segundo turno”, explicou.

Pela manhã, o democrata chegou à Câmara dos Deputados para se reunir com líderes partidários. A ideia é concluir os acordos para viabilizar a aprovação da reforma da Previdência no plenário da Casa.

Com o objetivo de finalizar a tramitação da PEC ainda nesta semana, Maia quer evitar a apresentação de destaques de partidos do Centrão, para deixar que os deputados analisem apenas as sugestões da oposição.

Na noite dessa segunda-feira (08/07/2019), o delegado Waldir disparou uma mensagem aos deputados do partido para que trocassem as passagens de retorno aos estados, caso a votação da reforma se estenda até a tarde de sábado (13/07/2019).

A corrida contra o tempo se dá devido à expectativa de Maia de concluir os trabalhos da Casa até 18 de julho, data de início do recesso parlamentar. Congressistas a favor da reforma afirmam que o governo já tem votos suficientes para aprovar o texto — ao contrário do que diz a oposição. Desfavorável à proposta, o grupo alega que o Executivo não tem mais de 260 votos e, até o início da tarde desta terça, tentaria articular com os dissidentes.

Para a PEC ser encaminhada ao Senado, o texto tem de ser aprovado em dois turnos, com ao menos 308 votos dos 513 congressistas. Depois disso, a matéria segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e, prontamente, para apreciação em dois turnos pelos senadores. São necessários 49 votos dos 81 parlamentares.

Gabriela Vinhal

Formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília (UCB) em 2013. Trabalhou no Jornal de Brasília e no Correio Braziliense, onde passou publicou reportagens sobre direitos humanos, nas editorias de Esporte, Política e Brasil para o impresso. Cobriu as eleições de 2018 e a posse presidencial. Repórter do Metrópoles desde maio de 2019.

Últimas notícias

Sessão da Tarde: Rede Globo exibe filme Em Meus Sonhos hoje (20/8)

A Sessão da Tarde vai ao ar às 14h. O longa conta a história de Natalie e Nick, duas pessoas…

1 hora passados

Programação do Corujão: Rede Globo exibe filme Ouro Negro hoje (20)

O Corujão vai ao ar às 2h. O longa é livremente inspirado em fatos reais.

1 hora passados

Na TV, Alexandre Frota ataca a “ditadura bolsonarista”

"Ele só quer fazer as coisas do jeito dele. Se algo não o agrada, ele muda. Do Bolsonaro, hoje, eu…

1 hora passados

Queimadas no Brasil sobem 82% de janeiro a agosto de 2019 em relação a 2018

Dados do Programa Queimadas do Inpe revelam também que o DF teve alta de 45% no período. No país, alta…

2 horas passados

“Auditoria cívica” vai avaliar serviço de ônibus no Distrito Federal

Projeto “Como anda meu ônibus” será lançado na quarta-feira (21/08/2019), na Rodoviária do Plano Piloto

2 horas passados

BNDES divulga 134 compradores de jatinhos da Embraer, de 2009 a 2014

O custo estimado para o Tesouro Nacional com o subsídio dessas operações foi de R$ 693 milhões em valores corrigidos,…

3 horas passados