*
 
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), previu nesta quinta-feira (8/2), que o projeto que autoriza a privatização da Eletrobras poderá ser votado já em abril no plenário da Casa. “Vamos começar agora em fevereiro, em abril vamos tentar”, disse em entrevista após reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia.

No início da semana, Maia mandou criar a comissão especial na Casa que cuidará do projeto. O colegiado será presidido pelo deputado Hugo Motta (MDB-PB), o mesmo que presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras. O relator da matéria, por sua vez, será o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), um dos principais aliados do presidente da Câmara.

Maia ponderou, contudo, que, para o projeto avançar, governo e Legislativo terão de resolver demanda de políticos do Nordeste, que pedem garantias de recursos para revitalização do Rio São Francisco. “Vai ter que se resolver a questão do Nordeste, que é a garantia dos recursos para revitalização do Rio São Francisco. Acho que isso resolvido, a gente tem condições de avançar”, declarou.

 

 

COMENTE

STFRodrigo Maiaprivatização Eletrobras
comunicar erro à redação

Leia mais: Política