*
 

Os novos áudios que podem jogar por terra a delação premiada do dono do grupo JBS, Joesley Batista, e de executivos do conglomerado revelam o desdém do empresário em relação ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Em um dos trechos gravados por Joesley em conversa com o diretor da JBS Ricardo Saud, o empresário diz: “Queria estar de frente pro Janot e falar: ‘Janot, para. Isso é coisa de menino. Você faz uma operação dessas, com 1,1 mil homens na rua em troca de nada, achando que vai vir amedrontar. Você está louco?’”.

Pouco depois, o empresário diz que o procurador-geral da República “não sabe com quem está lidando”.

Ele acha que está lidando com um menino amarelo. Daí eu vou chegar lá e dizer assim: ‘Janot, nessa sua escola, eu fui professor’"
Joesley Batista

Confira as declarações a partir de 9’18”

 

 

COMENTE

delação da JBS
comunicar erro à redação

Leia mais: Política