*
 

O jingle feito para marcar a filiação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ao MDB nesta terça-feira (3/4) virou piadas nas redes sociais. A expressão “M de Michel”, que faz parte da letra da música, ficou entre os assuntos mais citados por internautas brasileiros no Twitter.

A maior parte dos internautas ironiza o jingle e faz comentários em tom crítico ao governo do presidente Michel Temer. Por outro lado, aliados do emedebista exaltam a filiação de Meirelles ao partido.

Um dos vídeos compartilhados exibe uma edição de notícias com o episódio do ex-deputado e ex-assessor de Temer Rodrigo Rocha Loures sendo flagrado correndo com uma mala de dinheiro. “M de Michel, M de Meirelles, M de MDB, M de Mala”, escreveu o deputado Enio Verri (PT-PR), ao compartilhar o vídeo.

Outros internautas acrescentavam ao jingle expressões como “M de Misericórdia senhor deste país”, em referência à fala do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) ao votar pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, e “M de Manter isso aí”, fazendo alusão à frase dita por Temer ao empresário Joesley Batista.

Líderes do MDB, por sua vez, exaltaram a filiação do ministro, postulante a presidente da República. “Acabamos de filiar ao MDB o ministro Henrique Meirelles, que estará à disposição do partido com sua competência e legado deixado na economia do país”, escreveu no Twitter o presidente nacional da legenda, senador Romero Jucá (RR).

Já o deputado Darcisio Perondi (MDB-RS), vice-líder do governo na Câmara, destacou no Facebook o fato de o partido agora ter dois nomes fortes para a eleição presidencial, Temer e Meirelles. “O país precisa continuar avançando, são dois nomes fortes para a candidatura à Presidência da República”, comentou o parlamentar, em vídeo.

 

 

COMENTE

eleições 2018henrique meirellesMDB
comunicar erro à redação

Leia mais: Política