Guedes volta a se desculpar por fala sobre Brigitte: “Mau gosto”

Ministro da Economia admitiu "terrível deslize" e "grosseria indesculpável" ao afirmar que mulher do presidente da França "é feia mesmo"

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 06/09/2019 21:19

Diante da intensa repercussão negativa, o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a se desculpar nesta sexta-feira (06/09/2019) por ter ofendido a esposa do presidente francês, Emmanuel Macron, durante palestra na última quinta (05/09/2019): “É feia mesmo!”, disse Guedes, sobre Brigitte Macron, a uma plateia em Fortaleza (CE).

“Lamento profundamente a brincadeira de mau gosto que fiz ontem. Brincadeira de profundo mau gosto. Terrível deslize que cometi, grosseria indesculpável. Peço desculpas sabendo que não mereço ser desculpado”, disse, após evento do Ministério da Economia no Rio de Janeiro (RJ). A fala foi registrada pelo jornal O Globo.

O ministro disse ainda que vai evitar “brincadeiras” daqui em diante e admitiu que sua fala pode prejudicar a relação do Brasil com países estrangeiros.

O estranhamento entre os chefes de Estado de Brasil e França começou por causa da crise ambiental dos incêndios na Amazônia. O presidente Jair Bolsonaro reagiu a reclamações de Macron sobre as queimadas e a discussão foi escalando até o francês chamar o brasileiro de “mentiroso”. A crise chegou ao ponto mais crítico quando o perfil de Bolsonaro no Facebook comentou uma publicação de um seguidor que comparava as esposas dos dois presidentes: “Não humilha cara. Kkkkkkk”, escreveu Bolsonaro.

Últimas notícias