*
 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, voltou a defender a prisão após condenação em segunda instância, na tarde desta segunda-feira (16/4), durante o evento “Harvard Law Brazilian Association Legal Symposium’, realizado por ex-alunos brasileiros de direito de Harvard. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), também participou da palestra. A informação é do site O Antagonista.

Para a procuradora-geral, a sentença em segundo grau não afasta presunção de inocência, uma vez que a culpa do réu já está definida por dois graus. “Nos acostumamos com modelo no qual a autoridade do juiz de primeira instância era muito fragilizada”, disse Dodge.

 

 

COMENTE

STFpgrRaquel Dodge
comunicar erro à redação

Leia mais: Política