O presidente Jair Bolsonaro (PSL) passou rapidamente na solenidade de posse de procuradores concursados, na sede da Procuradoria-Geral da República, em Brasília, na noite desta sexta-feira (11/1). A ida ao evento serviu para ele tirar uma dúvida com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em bilhete entregue ao parlamentar, Bolsonaro perguntou: “[Fernando] Collor é candidato?”. O flagra foi registrado pelo fotojornalista Daniel Marenco e pelo repórter Manoel Ventura, de O Globo.

Após receber o bilhete, Rodrigo Maia riu e devolveu o papel a Bolsonaro, que o guardou em seu terno. A reportagem, contudo, não deixa claro a que o ex-presidente da República seria candidato. A partir de 1º de fevereiro, senadores e deputados começam os trabalhos legislativos e as duas casas elegeram suas mesas diretoras.

LUCIO TAVORA/AGÊNCIA TEMPO/ESTADÃO CONTEÚDO

Troca de bilhete: Bolsonaro pergunta a Maia se Collor é candidato

O presidente da República não discursou na solenidade na PGR. Além de Bolsonaro de Rodrigo Maia, o evento contou com as presenças da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e dos presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, e da Associação dos Procuradores da República, José Robalinho Cavalcanti; bem como da secretária do concurso dos procuradores, Eliana Peres Torelly de Carvalho.

A passagem do presidente da República pela solenidade foi breve. Ele deixou a PGR após os discursos iniciais. À sua saída, alguns convidados dos concursados gritaram “mito”.