Datafolha: apoio à Previdência cresce; 47% são a favor da reforma

Pesquisa revela também divergência entre homens e mulheres no apoio à proposta de Jair Bolsonaro (PSL)

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 09/07/2019 11:13

O apoio à reforma da Previdência, proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), tem crescido, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (09/07/2019). O levantamento divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo mostra também disparidade entre homens e mulheres que apoiam o projeto.

O número daqueles que se opõem às mudanças nas regras de aposentadoria caiu de 51% para 44% entre abril e julho de 2019. Por outro lado, a parcela dos que apoiam subiu de 41% para 47%. Entre a atual pesquisa e a última, realizada em abril, o parlamento apresentou novas propostas, alterando assim a propositura do governo Bolsonaro.

A mudança de opinião foi mais forte entre os eleitores de Jair Bolsonaro e de Fernando Haddad (PT). Os bolsonaristas favoráveis à reforma eram 55% em abril e agora são 67%. Entre aqueles que apoiavam o ex-candidato do PT, o número subiu de 22% para 25%. Já a rejeição foi de 72% para 67%. No grupo dos que não votaram em nenhum dos dois, a oposição é majoritária (61%).

O Datafolha mostra ainda que homens e mulheres são antagonistas em relação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 06/2019. Ao mesmo tempo em que 57% dos homens são a favor da proposta e 38% contra, as mulheres se dividem em 39% a favor e 50% contra. A reforma significa um aperto proporcionalmente maior para elas, apesar das concessões.

A pesquisa foi realizada nos dias 4 e 5 de julho e ouviu 2.086 entrevistados com mais de 16 anos em 130 cidades do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%.

 

Confira os resultados:

  • Contra: 44% (eram 51% em abril)
  • A favor: 47% (eram 41%)
  • Não sabe: 6% (eram 7%)
  • Indiferente: 3% (eram 2%)

Homens

  • A favor: 57% (eram 48%)
  • Contra: 38% (eram 45%)

Mulheres

  • A favor: 39% (eram 34%)
  • Contra: 50% (eram 56%)

 

Por faixa etária

16 a 24 anos

  • A favor: 41% (eram 37%)
  • Contra: 50% (eram 50%)

25 a 34 anos

  • A favor: 43% (eram 37%)
  • Contra: 50% (eram 56%)

35 a 44 anos

  • A favor: 44% (eram 41%)
  • Contra: 50% (eram 50%)

45 a 59 anos

  • A favor: 53% (eram 40%)
  • Contra: 38% (eram 52%)

60 anos ou mais

  • A favor: 54% (eram 48%)
  • Contra: 36% (eram 41%)

 

Escolaridade

Fundamental

  • A favor: 51% (eram 42%)
  • Contra: 39% (eram 47%)

Médio

  • A favor: 44% (eram 40%)
  • Contra: 47% (eram 52%)

Superior

  • A favor: 48% (eram 40%)
  • Contra: 48% (eram 54%)

 

Faixa de renda

Até 2 salários mínimos

  • A favor: 43% (eram 37%)
  • Contra: 47% (eram 53%)

Mais de 2 salários mínimos

  • A favor: 48% (eram 41%)
  • Contra: 46% (eram 51%)

Mais de 5 a 10 salários mínimos

  • A favor: 55% (eram 47%)
  • Contra: 40% (eram 46%)

Mais de 10 salários mínimos

  • A favor: 69% (eram 50%)
  • Contra: 26% (eram 47%)

Últimas notícias