*
 

O presidente Michel Temer, por meio de seu comitê eleitoral, doou, em 2014, R$ 11,6 mil à candidatura a deputado federal do delegado da Polícia Federal (PF) Sandro Avelar pelo PMDB. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Avelar está cotado pelo novo diretor-geral da instituição, Fernando Segóvia, para o cargo de diretor executivo da corporação, número 2 na hierarquia da PF.

A campanha de Avelar a deputado federal recebeu um total de R$ 460.091,83 em doações. Na lista, além do presidente da República, estão o PMDB do Distrito Federal, construtoras e empresa de combustível. O partido foi responsável por R$ 236 mil da campanha. Avelar se desfiliou da legenda após a disputa. Na eleição, o delegado recebeu 21.888 votos e não se elegeu.

Procurada para comentar o caso, a assessoria da Presidência não respondeu até a conclusão desta edição.

 

 

COMENTE

Michel TemerPolícia FederalSandro Avelardoação de temer
comunicar erro à redação