*
 

O presidente eleito Jair Bolsonaro recebeu nesta segunda-feira (5/12) a Medalha do Pacificador com Palma. A cerimônia ocorreu no Quartel General do Exército em Brasília.

A honraria concedida tem como base ato feito por Bolsonaro em 1978. Na época, o militar da reserva, de acordo com o Exército, salvou um soldado da 2ª Bateria de Obuses do 21º Grupo de Artilharia de Campanha, que estava prestes a se afogar durante atividade de instrução militar.

A concessão da medalha ao presidente eleito tem como base a “coragem e bravura, com eminente risco da própria vida”, informou nota do Quartel General do Exército.

A Medalha do Pacificador, cunhada em portaria em 25 de agosto de 1953, transformou-se em honraria para militares e civis brasileiros e estrangeiros que tenham prestado serviços à instituição e que tenham estreitado laços de amizade entre o Exército do Brasil e o de outras nações.