Bolsonaro e Onyx recebem 320 parlamentares, mas só PR declara apoio

Outros partidos, como PSD, PSDB, PRB e Podemos, sinalizaram que vão votar com o governo nas pautas convergentes e importantes para o país

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 14/12/2018 19:57

Desde o início do período de transição de governo, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, receberam no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, 320 deputados, senadores eleitos e parlamentares que não foram reeleitos.

Apesar do grande volume de parlamentares, apenas o PR declarou que irá compor a base aliada. Outros partidos, como PSD, PSDB, PRB e Podemos, sinalizaram que vão votar com o governo nas pautas convergentes e importantes para o país.

De acordo com Onyx, “no governo do presidente Jair Bolsonaro a relação com o Parlamento será de respeito e parceria”. “Queremos que, já ao final de 2019, os parlamentares possam dizer: nunca fomos tão respeitados e tão bem tratados pelo governo federal”, afirmou.

Até agora, o presidente eleito já recebeu as bancadas de PSL, PP, MDB, PR, PRB, DEM, PSDB, PSD e Podemos.

Últimas notícias