*
 

O presidente eleito Jair Bolsonaro almoçou com o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, no início da tarde desta quarta-feira (7/11). Ao chegar ao encontro, acompanhado do juiz Sérgio Moro, futuro ministro da Justiça, Bolsonaro disse que o país tem potencial para sair da crise e que a responsabilidade é muito grande e de todos.

“Nossa responsabilidade é enorme. Do Moro, de todo mundo. O Brasil tem potencial de sair da crise”, disse.

O almoço foi dividido em dois grupos. Bolsonaro, Moro, o senador eleito e filho do presidente eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) ficaram no gabinete de Noronha. O quarto dos cinco filhos de Bolsonaro, Jair Renan, almoçou em uma sala separada, rodeado por assessores e seguranças do pai.

Trata-se do terceiro compromisso do dia de Bolsonaro. Mais cedo, ele tomou café da manhã com o comandante da Aeronáutica e fez uma visita ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. Nesta tarde, Bolsonaro terá uma reunião com o presidente Michel Temer. Entre os assuntos que devem ser abordados, está a tramitação da reforma da Previdência.