*
 

Sem divulgar seu destino ou agenda, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, deixou na manhã deste sábado (3/11) sua casa, no condomínio Vivendas da Barra, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, sob o forte aparato de segurança que o acompanha desde a eleição.

Minutos antes de sair, ele publicou em suas redes sociais uma mensagem na qual diz que pretende “fazer diferente” de tudo que foi feito anteriormente na economia. “Minutos após a vitória nas eleições iniciamos uma intensa agenda com propostas para fazermos diferente de tudo que governos anteriores fizeram, desde planos para fomentar a economia, mas principalmente, resgatar a confiança do brasileiro e do estrangeiro em nosso Brasil”, postou Bolsonaro em sua conta no Twitter.

O presidente eleito tem sido alvo de críticas em relação as primeiras sinalizações de seu governo que apontam para uma não prioridade do comércio no bloco econômico do Mercosul e ainda um alinhamento às grandes potências comerciais como Estados Unidos e China.

Bolsonaro também seguiu passos do presidente norte-americano em relação a política externa, ao anunciar que mudará para Jerusalém a Embaixada do Brasil em Israel. Esta atitude provocou reação de autoridades palestinas e não agradou a diplomacia brasileira.

Propostas
Na postagem, o presidente eleito não define que medidas ele tomará e na área econômica. Segundo ele, as propostas visam recuperar a confiança do brasileiro e do estrangeiro no Brasil.

No feriado de finados, o presidente eleito também deixou sua casa sem divulgar destino e passou a tarde de lazer com sua família na Restinga da Marambaia, reserva controlada pela Marinha.