Bolsonaro comemora queda de homicídios registrada em 2019

Foram registrados 41,6 mil assassinatos no ano passado. Em 2018, haviam sido 51,5 mil – quase 10 mil mortes a mais

Andre Borges/Esp. MetrópolesAndre Borges/Esp. Metrópoles

atualizado 14/02/2020 21:12

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comemorou na noite desta sexta-feira (14/02/2020) a queda no índice de homicídios registrada em 2019.

Segundo dados do Monitor da Violência, índice nacional desenvolvido pelo portal de notícias G1, o número de assassinatos caiu 19% no Brasil em 2019, se comparado ao ano anterior. É o menor número de crimes violentos intencionais registrados em toda a série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que coleta dados desde 2007.

Nas redes sociais, Bolsonaro comentou a queda no índice, afirmando que seu governo está “do lado certo”. “2019, nosso primeiro ano de governo: O MENOR ÍNDICE DE ASSASSINATOS DA DÉCADA. Estamos do lado certo!”, postou o presidente em seu Twitter.

Em síntese, o ano passado teve 9.923 mortes a menos que em 2018, quando foram registrados 51.558 homicídios.

De acordo com o monitor, todas as unidades federativas do país apresentaram redução de assassinatos no ano.

O Ceará foi o estado com a maior queda de homicídio, com redução de 50,3%, seguido de Roraima. Por outro lado, Mato Grosso do Sul (-3,1%) foi quem apresentou a menor baixa.

Apesar da queda anual, o monitor destaca que no último trimestre do ano passado alguns estados reverteram a tendência e registraram alta nos números.

Santa Catarina, por exemplo, teve aumento de 23,8% no número de crimes violentos quando comparado com o quarto trimestre de 2018.

Últimas notícias