*
 

Os batedores do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) posaram para uma foto com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O registro foi publicado no Instagram oficial da corporação nesta quinta-feira (8/11). Os 13 profissionais, responsáveis pela escolta do militar da reserva em Brasília, repetiram o gesto de Bolsonaro e cruzaram os braços no momento da fotografia.

Os motociclistas são responsáveis pela segurança das autoridades na capital e costumam registrar o encontro com as autoridades.

View this post on Instagram

Polícia Militar é muito mais que segurança! Escolta do presidente eleito @jairmessiasbolsonaro . . . #pm #pmdf #bomdia #df

A post shared by Polícia Militar do DF (@pmdfoficial) on

Durante toda a passagem por Brasília, Bolsonaro tem sido acompanhado por grande aparato de segurança. Além dos profissionais da PM, a Polícia Federal também segue o presidente, além de ambulância e até um helicóptero.

O presidente eleito também foi tietado na quarta (7), ao sair do almoço com o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio Noronha. Mais de 100 funcionários do órgão se despediram de Bolsonaro aos gritos de “mito”, apelido usado por seus apoiadores. Foi um dos poucos momentos em que o político esteve mais próximo dos eleitores, já que sua visita a Brasília é cercada de forte esquema de segurança.

Desde o início da manhã, servidores, funcionários terceirizados e estagiários do órgão se aglomeravam na expectativa da chegada da equipe do futuro presidente. Ao subir para o gabinete de Noronha, Bolsonaro recebeu aplausos contidos de um servidor do tribunal. Os demais funcionários estavam com as mãos ocupadas com celulares. O futuro presidente tirou fotos com todos que pediam.