Após soltura, Lula e Dirceu se encontram durante festa petista

Em Curitiba, ex-presidente e ex-ministro posaram juntos em um jantar em comemoração à liberdade dos petistas

ReproduçãoReprodução

atualizado 09/11/2019 10:59

Após sair da prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reencontrou o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu em Curitiba (PR). Os dois foram soltos nessa sexta-feira (08/11/2019), após mudança de entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre prisão de réus após condenação em 2ª instância.

Lula e Dirceu se encontraram e posaram juntos em uma festa organizada para o ex-presidente, na casa de um amigo na capital paranaense. O vice-presidente do PT, deputado estadual Emídio de Souza, divulgou imagens do encontro nas redes sociais.

Dirceu adiantou os próximos passos políticos do grupo. “Agora é para nós voltarmos e retomarmos o governo do Brasil. E para isso nós precisamos deixar claro que nós somos petistas, de esquerda e socialistas. Nós somos tudo o contrário do que esse governo está fazendo”, afirmou.

Dirceu deixou o Complexo Médico Penal (CMP), na região metropolitana de Curitiba, horas depois de Lula. O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, autorizou a saída.

Lula saiu da sede da Polícia Federal em Curitiba no fim da tarde desta sexta-feira, após quase 600 dias de detenção. Ao sair da carceragem, o ex-presidente criticou a Justiça, a Lava Jato e o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Neste sábado (09/11/2019), o atual chefe do Palácio do Planalto, sem citar Lula, subiu o tom das críticas e o atacou: “Canalha, que momentaneamente está livre”, escreveu.

Últimas notícias