*
 

Depois de se encontrar com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ex-governador do Ceará Cid Gomes afirmou que a prioridade de seu partido, o PDT, continua sendo conquistar o apoio do PSB à candidatura de Ciro Gomes ao Palácio do Planalto.

Maia e Cid jantaram juntos nesta quarta-feira (13/6), em Brasília. O ex-governador cearense evitou confirmar o encontro, e alegou que isso seria deselegante, visto que Maia também é pré-candidato à Presidência.

“Posso repetir um bordão? A nossa prioridade é o PSB. Primeiro, porque é o único desses partidos que não têm pré-candidato. Segundo, porque o PSB é um partido que estrategicamente está mais próximo do que nós representamos enquanto projeto Brasil”, disse Cid.

Para o político, que está coordenando a pré-campanha do irmão, o apoio do PSB daria à candidatura de Ciro “a moldura” que o PDT busca, de ter um candidato progressista e de oposição ao “status quo”.

Pelo Facebook, Cid também reiterou que ele e o irmão estão “serenos e dando curso ao diálogo com o PSB”. Segundo Cid, está havendo “muito disse-me-disse, muita pressão e até truculência” em torno do assunto. O ex-governador também fez uma menção ao slogan usado na campanha de Eduardo Campos, morto em 2014. “Não podemos desistir do PSB!”, disse.

Nas últimas semanas, Maia, que deve desistir de disputar a Presidência, tem se aproximado de Ciro. Uma aliança com o PDT, no entanto, é vista como pouco provável por nomes importantes do DEM.

 

 

COMENTE

demcid gomesRodrigo MaiaPSBciro gomesPDTeleições 2018sucessão presidencial
comunicar erro à redação

Leia mais: Política