*
 

Depois de passar por cirurgia de raspagem da próstata em São Paulo, o presidente Michel Temer desembarcou em Brasília e já retornou ao trabalho, nesta quarta-feira (01/11), no Palácio do Planalto. Na agenda oficial, estão previstos despachos internos.

Temer viajou na sexta-feira (27) para a capital paulista, onde foi internado no Hospital Sírio-Libanês com um quadro de retenção urinária em decorrência de uma hiperplasia benigna da próstata. Na quarta (25), o presidente havia sido diagnosticado com obstrução urológica e teve de ser levado para o Hospital Militar de Área de Brasília, onde foi submetido a uma “sondagem vesical de alívio por vídeo”, segundo informou a assessoria do Planalto.

O episódio ocorreu no mesmo dia em que a Câmara dos Deputados barrou o avanço ao Supremo Tribunal Federal da segunda denúncia contra Temer, apresentada pela Procuradoria-Geral da República.

No Sírio-Libanês, a equipe médica retirou uma sonda do presidente no domingo (29) e lhe deu alta na segunda (30). Temer ficou em repouso até a manhã desta quarta em sua casa, na Zona Oeste de São Paulo. No período, ele recebeu ministros e auxiliares e assinou medidas provisórias, como a que prorrogou o prazo de adesão do Refis para 14 de novembro.

 

 

 

COMENTE

Michel Temer
comunicar erro à redação

Leia mais: politica-br