Policial militar executado na porta de casa é enterrado em São Paulo

Fernando Flávio Flores foi morto enquanto tirava o carro da garagem. O veículo usado para o crime foi encontrado abandonado horas depois

atualizado 05/05/2019 14:20

Divulgação/Polícia Civil de SP

Foi enterrado neste domingo (05/05/2019) o policial militar da Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), o grupo de elite da polícia, executado na porta de casa. A cerimônia teve a participação de familiares, amigos e homens da corporação.

O comandante-geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Coronel Salles, esteve no enterro e, ao deixar o local, conversou com a imprensa. Ele afirmou que as polícias estão “mais unidas do que nunca”. “Esse não é um ataque à polícia, é um ataque ao Estado brasileiro. Um infrator da lei, um marginal, para tomar atitude como essa e com ousadia está muito à vontade”, comentou.

Nas redes sociais, o líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP), que esteve presente no enterro, lamentou a morte de Fernando Flávio Flores, 38 anos, e pediu justiça. “Palavras não podem expressar qualquer tristeza nesse momento. Meus sentimentos à família desse herói, à família Polícia Militar, à sociedade que perde mais um herói”, disse.

Veja o vídeo do momento em que o PM é executado:

Fernando foi morto na porta de casa, na manhã desse sábado (04/05/2019), enquanto tirava o carro da garagem. As imagens registradas por uma câmera de segurança mostram o momento que o policial militar estaciona o veículo para fechar o portão e volta ao veículo.

Um carro, então, se aproxima da casa. Um homem no banco de trás começa a atirar contra Fernando, como mostra o vídeo. Em seguida, ele desce do veículo e faz mais disparos. Por fim, o motorista também sai do automóvel, atira algumas vezes contra Fernando, e os dois vão embora.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo informou que o caso é investigado pelo 101º Distrito Policial com assessoramento do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

O carro usado pelos criminosos foi encontrado pela polícia em um terreno abandonado na Zona Sul da cidade, na manhã desse sábado. Essa é a segunda morte de um PM da Rota registrada em São Paulo neste ano.

Últimas notícias