Busca

Policial militar morre afogado ao salvar quatro crianças no litoral de SP

O cabo Diogo Gomes de Melo tinha 31 anos e perdeu a vida na tarde de ontem (29/12), ao resgatar o enteado e três sobrinhos

O cabo da Polícia Militar de São Paulo Diogo Gomes de Melo, de 31 anos, morreu afogado ao tentar salvar quatro crianças que se afogavam no mar de Itanhaém, litoral paulista, na tarde de terça-feira(29/12).

De acordo com o Grupamento de Bombeiros Marítimo, o policial aproveitava o dia de folga com a família na praia do Suarão, quando entrou no mar para salvar o enteado, de 10 anos e três sobrinhos, todos de 12 anos, que haviam sido arrastados pelas ondas e estavam se afogando.

Ele alcançou duas das crianças quando foi puxado pela força da água e não conseguiu retornar para a faixa de areia, desaparecendo no mar. Banhistas que estavam na praia conseguiram retirar as quatro crianças da água. Elas passam bem. As informações são do Uol.

Encontrado cerca de uma hora depois no mar, o policial chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém, mas ele já chegou ao hospital sem vida.

Em nota, a Polícia Militar do Estado de São Paulo afirmou que o cabo Melo, como era conhecido, estava na corporação havia 11 anos e 6 meses. A Polícia Militar lamentou a morte do policial e informou que, como estava de folga, o policial não estava armado nem fardado.

FALECIMENTO DE POLICIAL MILITAR

É com extremo pesar que a Polícia Militar do Estado de São Paulo informa o falecimento…

Publicado por Polícia Militar do Estado de São Paulo em Quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Nesta quarta (30/12), ao lamentar o episódio, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou que pretende comparecer ao sepultamento do cabo. “Realmente, é um herói que deu sua vida pela vida de algumas crianças que estavam tomando banho naquele local”, disse o presidente.

Sair da versão mobile