Policial contrata marido de aluguel foragido para prendê-lo

Condenado a 23 anos de prisão, José Machado de Oliveira Ferraz, 40 anos, vivia em Praia Grande, no litoral paulista

divulgaçãodivulgação

atualizado 23/01/2020 9:39

Condenado a 23 anos por matar a sogra do prefeito de Bueno Brandão (MG), Sílvio Félix, Paulo José Machado de Oliveira Ferraz, de 40 anos, foi preso na noite dessa quarta-feira (22/01/2020) após uma investigadora se passar por cliente e o atrair para uma armadilha. As informações são do portal G1.

O criminoso foi localizado em Praia Grande (SP), cerca de 173 quilômetros de Bueno Brandão. O latrocínio foi cometido em 2016.

No litoral paulista, Paulo José trabalhava como “marido de aluguel” e, nas redes sociais, divulgava o preço e número de telefone para contatos.

“Após localizarmos o número dele, uma investigadora fez contato com o indivíduo passando-se por uma possível cliente interessada nesses serviços”, contou o delegado Sérgio Lemos Nassur.

A policial então indicou uma residência para encontrar com o condenado. Sem desconfiar, Paulo foi ao local e acabou detido pela equipe de investigadores.

O homem foi levado para a Delegacia Sede de Praia Grande, mas será transferido para Minas Gerais.

Últimas notícias