PF faz operação para combater invasão de terras da União em Tocantins

Foram expedidos quatro mandados de prisão e quatro de busca e apreensão. A área ocupada é da Infraero

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 14/08/2019 12:19

A Polícia Federal faz uma operação na manhã desta quarta-feira (14/08/2019) para desarticular grupo criminoso que invadia terras da União e cometia crimes ambientais e atentado contra a segurança de transporte aéreo.

Cerca de 50 policiais federais atuam na Operação Voo Seguro e cumprem quatro mandados de prisão e quatro de busca e apreensão em Palmas, no Tocantins, expedidos pela 4ª Vara Federal de Palmas. A PF tem apoio da Polícia Militar e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

De acordo com informações da PF, por meio de uma associação, o grupo incentivava e financiava as ocupações ilegais de terras de propriedade da Infraero mediante comercialização de lotes. Os participantes do esquema, no entanto, não tinham o título de posse do terreno.

Na área da Infraero, o bando instalou cercas para delimitar o local invadido e vinha desmatando o espaço para construções.

Os investigados podem responder por associação criminosa, invasão de terras públicas, crimes ambientais e atentado contra a segurança de transporte aéreo.

Últimas notícias