Em 13 horas, homem gasta R$ 3 mil em restaurante e dá calote

Ao menos quatro donos de estabelecimentos reconheceram o criminoso

atualizado 28/02/2020 10:19

Um homem de 26 anos é acusado de aplicar vários golpes em restaurantes de luxo em São Paulo. Ao menos quatro empresários registraram boletins de ocorrência contra o criminoso. As informações são do portal G1.

O último caso teria ocorrido no início de fevereiro, quando o rapaz consumiu R$ 3 mil em um restaurante de luxo em Santos (SP) e saiu sem pagar.

A dona do estabelecimento, Milena da Silva Gonçalves, de 34 anos, contou que o homem ficou cerca de 13 horas no local.

Após esse tempo, o criminoso teria chamado a polícia ao alegar que a carteira sumiu dentro do restaurante. “Causou uma confusão e tentou se colocar como vítima”, afirmou.

Milena, contudo, não foi a única vítima. Ao menos outros três donos de restaurantes da região identificaram o suspeito.

É o caso de Hugo Alexandre Ferreira, de 38 anos, proprietário de um bar em Praia Grande, também no litoral paulista. Ele teria consumido R$ 1 mil nessa última segunda-feira (24/02/2020).

“Ele afirmou que não pagaria porque tinha sido destratado, mas na verdade não tinha a intenção de pagar, já que não tinha cartões nem dinheiro”, relatou Hugo.

Últimas notícias