Assassinatos no Ceará disparam e chegam a 150 no 7º dia de motim

Até o momento, 230 policiais foram afastados preventivamente dos cargos. Eles protestam desde o último dia 18

O número de assassinatos no Ceará subiu para 150, conforme registro da Secretaria de Segurança Pública (SSPDS) entre quarta (19/02/2020) e a manhã desta segunda-feira (24/02/2020).

A onda de violência cresceu em meio ao motim de policiais militares no estado, que chega hoje ao 7º dia.

Levantamento feito pelo Metrópoles mostrou que, até o dia 18 de fevereiro, 160 pessoas haviam morrido brutalmente no Ceará. No mesmo período de janeiro, foram 155 mortes.

Até o momento, 230 policiais foram afastados preventivamente por 120 dias. As decisões foram publicadas no Diário Oficial do estado.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, chegou em Fortaleza (CE) na manhã desta segunda para acompanhar a Operação da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no estado.

Moro sobrevoou a região acompanhado do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, e do Advogado-Geral da União (AGU), André Mendonça. (Com informações do portal G1)