Podcast Flow deletou 29 vídeos de entrevistas após fala de Monark

Vídeos com o cantor Lucas Silveira, o youtuber Felipe Castanhari e a advogada Gabriela Prioli não estão mais no canal da plataforma

atualizado 08/02/2022 21:49

Fotografia colorida de MonarkReprodução

Após a repercussão do episódio do Flow Podcast, em que Bruno Aiub, mais conhecido como Monark, defendeu a criação de um partido nazista no Brasil, celebridades e influenciadores que concederam entrevistas ao programa solicitaram a remoção dos vídeos na plataforma em sinal de protesto contra a fala do apresentador.

Até a noite desta terça-feira (8/2), 29 vídeos foram apagados do canal do YouTube, segundo levantamento realizado pelo cientista de dados da empresa de análise Novelo, Guilherme Felitti.

Um dos primeiros entrevistados a solicitar a remoção foi o apresentador esportivo Benjamin Back. Em seu perfil no Twitter, Back pediu que sua entrevista fosse retirada do ar, e disse não compactuar com “esse tipo de pensamento”.

Outra entrevista deletada foi a do cantor Lucas Silveira, da banda Fresno, que afirmou que o entrevistador precisa “justificar suas posições”.

Vídeos com o apresentador e cantor João Gordo, o youtuber Felipe Castanhari e advogada Gabriela Prioli também não estão mais no canal da plataforma.

Os desligamentos vieram mesmo depois do pedido de desculpas de Monark. Veja:

Mais lidas
Últimas notícias