PMs agridem duas mulheres com socos no rosto em Carapicuíba (SP)

Segundo a PMSP, o caso está sendo investigado e um Inquérito Policial Militar foi instaurado. Os PMs alegam sido atacados primeiro

atualizado 24/12/2020 21:08

São Paulo – Um vídeo que está circulando pelas redes sociais mostra policiais militares agredindo duas mulheres com socos no rosto. Segundo a Polícia Militar do estado de São Paulo (PMSP), a gravação é do dia 14 de novembro e foi feita em Carapicuíba, região metropolitana de São Paulo. A PMSP informa que a corporação instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias do fatos.


Segundo a PMSP, “na ocasião, os policiais foram acionados para um acidente de trânsito seguido de agressão. Durante o atendimento da ocorrência, enquanto os PMs atuavam para mediar a situação, um dos envolvidos passou a ofender os agentes, que lhe deram voz de prisão. Neste momento, o autor e seus parentes passaram a atacar os policiais. Ao todo, três PMs ficaram feridos. O caso foi registrado no 1º DP de Carapicuíba juntamente com outros vídeos e imagens registrados durante a ocorrência”.

Segundo o portal UOL, “no 1º DP (Distrito Policial) de Carapicuíba, os policiais militares envolvidos na ocorrência omitiram as agressões desferidas pelos PMs na ocorrência. Listaram apenas as agressões sofridas por policiais. Uma das partes da ocorrência citou à Polícia Civil que as mulheres foram agredidas.”

O caso também está sendo acompanhado pela Corregedoria da Polícia Militar.

O Metrópoles questionou a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública sobre suposta omissão da agressão dos policiais militares em boletim de ocorrência, mas nenhum dos órgãos respondeu essa questão à reportagem.

Últimas notícias