PM do Rio vai fichar e fotografar quem quebrar o isolamento

O governador Wilson Witzel decretou o fechamento de praias, pontos turísticos, bares e restaurantes para conter novo coronavírus

atualizado 25/03/2020 10:31

Para evitar aglomerações e a propagação do coronavírus no Rio de Janeiro, a Polícia Miliar vai fichar e fotografar pessoas que saírem para bares, praias e pontos turísticos da cidade.

O documento que autoriza a ação informa que deve-se “criteriosamente qualificar” os banhistas e ressalta a necessidade do registro da imagem. As informações são do Extra.

“Abordar e criteriosamente qualificar os usuários das praias e aqueles que estejam concentrados em outras áreas de interesse turístico, assim como tirar foto e encaminhar para o sistema da P-2″, informa o texto.

A prática foi autorizada no sábado (21/03) e vai perdurar por 15 dias. Segundo a PM, as fotos servirão para notificar os cariocas e turistas em casos de reincidência.

A medida abrange as áreas das praias de Copacabana e Ipanema, Pão de Açúcar, Corcovado, Região Portuária, Estrada das Paineiras e Vista Chinesa.

O fichamento dos infratores é uma ação da polícia para ajudar no cumprimento da ordem do governador do estado, Wilson Witzel (PSC), que proibiu o acesso às praias. Caso a pessoa se recuse a sair do local, ela será levada à delegacia e autuada em flagrante por crime contra a saúde pública.

Últimas notícias