PF faz operação contra abuso sexual de crianças e adolescentes

As investigações tiveram origem em reportes da Unidade Central da Polícia Federal de Combate à Crimes Cibernéticos e da Interpol

atualizado 26/11/2020 8:05

Já está sob elaboração um edital que contemplará cerca de 2 mil vagas para a Polícia FederalRafaela Felicciano/ Metropoles

Na manhã desta quinta-feira (26/11), a Polícia Federal deflagrou a Operação Lágrimas do Amarante em combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. A ação tem por objetivo investigar a prática dos crimes de compartilhamento, posse e possível produção de pornografia infantil.

São cumpridos quatro mandados de busca e apreensão na região metropolitana do Rio de Janeiro, três deles no município de São Gonçalo e um em Niterói.

Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Federal de Niterói e pela 2ª e 3ª Varas Federais de São Gonçalo. Participam da operação 19 policiais federais, além do apoio prestado pela Polícia Militar.

0

As investigações tiveram, em sua maioria, origem em reportes da Unidade Central da Polícia Federal de Combate a Crimes Cibernéticos e da Interpol, tendo em vista que em um dos endereços foi detectado upload de vídeo pedopornográfico em site de conteúdo adulto, cuja sede está registrada na República Tcheca.

Lágrimas do Amarante

O nome da operação faz menção à realidade do abuso sexual e compartilhamento de pornografia infantil no município de São Gonçalo, cuja cidade tem como patrono o Beato Gonçalo do Amarante.

 

Últimas notícias