Perícia conclui que não houve estupro denunciado em hospital de MG

Paciente afirma que encontrou vestígios de esperma no próprio corpo e nas roupas que utilizava após procedimento cirúrgico

atualizado 11/08/2022 14:25

foto colorida de hospital particular em belo horizonte Divulgação/Hospital Master Dei

A perícia da Polícia Civil de Minas Gerais concluiu que a denúncia de abuso sexual contra o Hospital Mater Dei, feita por uma paciente na última segunda-feira (8/8), é infundada.

A informação foi divulgada em comunicado da rede de saúde. Segundo a polícia, as investigações ainda não foram concluídas devido à complexidade do caso.

Na ocasião, uma mulher de 38 anos afirmou ter encontrado vestígios de esperma no próprio corpo e nas roupas, horas após uma cirurgia no hospital, em Belo Horizonte (MG).

Confira mais informações no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

 

Mais lidas
Últimas notícias