*
 

Uma operação da Polícia Civil, na madrugada deste domingo (8/4), prendeu oito suspeitos de integrarem uma quadrilha que furtou ao menos 1,5 milhão de litros de combustível nas cidades de Mococa, Ibaté e Patrocínio Paulista, no interior de São Paulo.

Com os suspeitos foram apreendidos 11 carros, incluindo modelos de luxo, duas caminhonetes, duas motos aquáticas, sete caminhões e tratores que seriam usando no esquema criminoso. Também foram recolhidas joias, celulares e dinheiro.

As prisões da Operação Entressafra, referência ao período de entressafra da cana-de-açúcar em janeiro, quando a maioria dos furtos foi praticada, foram feitas em Paulínia e Cosmópolis.

Um posto, em Cosmópolis, pertencente ao suspeito de chefiar a quadrilha, foi lacrado. No local, os policiais localizaram uma tubulação clandestina, usada para abastecer as bombas com combustível roubado, bombas de compressão, rastreadores de veículos e bloqueadores de celular.

Em uma oficina mecânica, foram achados uniformes usados pela quadrilha em roubos a usinas de etanol. A quadrilha também atacava caminhões de combustível em rodovias.

Os suspeitos vão responder pelos crimes de furto, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Polícia Civil vai investigar se integrantes da quadrilha têm ligação com um homicídio durante um dos roubos de combustível.