Museu Pelé será interditado por falta de segurança contra incêndios

Desde 2017, o Ministério Público investiga a falta de Auto de Vistoria de Corpo de Bombeiros (AVCB) para o funcionamento do museu

atualizado 05/03/2021 19:25

Fachada do Museu Pelé, Santos (SP)Divulgação

São Paulo – O Museu Pelé, localizado na cidade de Santos (SP), terá que ser interditado. A Promotoria de Justiça de Santos obteve, em ação civil pública promovida junto à 3ª Vara da Fazenda Pública, uma decisão liminar por causa da falta de documentos de proteção contra incêndios.

A instituição tem estado aberta sem a obtenção do Auto de Vistoria de Corpo de Bombeiros (AVCB). Essa documentação comprova que os estabelecimentos estão seguros para receber o público. A validade é de um a 5 anos.

De acordo com decisão apresentada pela juíza de direito Ariana Gerônimo, a investigação sobre a falta de AVCB foi iniciada em julho de 2017.

Segundo a corporação, a corporação apontou falha no sistema de detecção de fumaça e alarme contra incêndio. Há três anos, a prefeitura de Santos tenta obter a liberação dos Bombeiros.

No entanto, o prédio do museu, em inspeção realizada em 2020, apresentou as mesmas falhas detectadas no início.

“Trata-se de vistoria de natureza técnica indispensável à garantia de segurança, e cuja inexistência por longo período, como é o caso, implica em potencial sujeição a risco de vida da população que frequenta o local, que se trata de famosa atração turística da cidade, de modo que é inegável o perigo de dano”, informa trecho da decisão.

Dessa maneira, o Museu Pelé já fecharia as portas para o público entre este sábado (6/3) e 19 de março porque o estado de São Paulo entrou na fase vermelha do Plano São Paulo. Ou seja, apenas atividades essenciais podem funcionar, como hospitais e farmácias, nessa etapa de combate à Covid-19.

O que diz a prefeitura

O Metrópoles entrou em contato com a Prefeitura de Santos. Em nota, a administração disse que ainda não notificada oficialmente. Confira abaixo:

“A prefeitura não foi notificada oficialmente sobre a referida decisão judicial, mas a Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Seectur) já havia identificado uma falha no detector de fumaça e alarme de incêndio do Museu Pelé. A pasta já providenciou a contratação de uma empresa para sanar o problema identificado em teste durante recente visita do Corpo de Bombeiros ao equipamento para a concessão do AVCB. Salientamos que o museu será fechado de 6 a 19 de março, devido à fase vermelha do Plano São Paulo.”

Museu Pelé

Inaugurado em 2017, o Museu Pelé foi instalado no Casarão do Valongo, prédio do século 19 que abrigaria a sede do governo da Província de São Paulo.

O espaço reúne acervo do eleito “atleta do século”, que conta com itens pessoais, peças de roupa e chuteiras, além de uma réplica da taça Jules Rimet.

0

Últimas notícias