Mulher se irrita ao ter moto apreendida e atropela policial rodoviário

Suspeita se recusou a entregar chaves do veículo e arrancou em direção a um dos agentes, que foi atingido e ferido na perna esquerda

atualizado 05/10/2021 18:25

logo prfPRF/Divulgação

Um policial rodoviário federal foi atropelado na tarde dessa segunda-feira (4/10) ao fazer uma abordagem a uma dupla conduzindo uma motocicleta, na BR-070, na cidade de Barra do Garças, a 517 km de Cuiabá (MT). O policial se preparava para recolher a moto, quando uma mlher que estava na moto recusou-se a entregá-la e o atropelou.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, por volta das 15h30 os agentes federais se dirigiram até a BR-070 para iniciar as fiscalizações. Em um determinado momento, os policiais flagraram a dupla na motocicleta furar o sinal vermelho.

A equipe policial fez a abordagem dos suspeitos. O homem, com tornozeleira eletrônica, era condutor e a mulher, passageira da moto. Ambos  não portavam documentos de identificação.

A mulher, que já apresentava uma agitação excessiva, ficou transtornada com a informação de que seriam encaminhados até a Polícia Civil e a moto seria recolhida por questões de trânsito e devido à falta de documentos.

Ela afirmou que os agentes estavam a intimidando e que não deixaria que levassem a motocicleta, recusando a entregar a chave de ingnição do veículo.

Policiais são ameaçados

Além disso, a passageira também ameaçou os agentes da PRF, alegando saber onde eles trabalhavam e por onde passavam todos os dias.

Em sequência, ela assumiu a direção do veículo e arrancou em direção a um dos policiais rodoviários, que foi atingido e ferido na perna esquerda. Conforme notícias da PRF, o profissional está bem e, apesar dos ferimentos leves, foi encaminhado ao Pronto Socorro da cidade.

A mulher, que também não possuía habilitação, foi presa próximo ao bairro de Vila Maria, na saída de Barra do Garças. Os dois surpresos foram presos e encaminhados à Polícia Civil. Informações do Portal Folhamax.

Últimas notícias