Mulher procura polícia e diz ser criança sequestrada há 16 anos

Ela reencontrou a sua suposta família biológica quando buscou na internet histórias de desaparecimentos e sequestros

atualizado 11/03/2020 18:25

A garota, de anos, aparece em uma foto com franja e flores no cabeloFoto: Polícia Civil do Paraná

Uma mulher de 24 anos afirma ter sido sequestrada quando tinha 8 anos, em 2003. De acordo com a Delegacia de Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), ela reapareceu na cidade de Florestópolis (PR), no último sábado (07/03), e disse ser Luana Oliveira Lopes, dada como desaparecida há 16 anos.

A mulher conta que o sequestro aconteceu ao ser abordada por um caminhoneiro. Em relato, ela diz que caminhava com o irmão, na época com 10 anos, na rodovia PR-170. O homem abordou as crianças e as levou para o baú do veículo. O irmão mais velho foi deixado na estrada pouco tempo depois. Ele foi amarrado e espancado.

A investigação coletou material de DNA de jovem para confirmar o caso. Ela tem a mesma idade que a criança sequestrada teria atualmente. E também apresenta semelhanças físicas com a vítima raptada. A Polícia Civil, no entanto, espera o resultado do exame.

A garota, de anos, aparece em uma foto com franja e flores no cabelo
Luana Oliveira sequestrada aos 8 anos
A mulher aparece em um fundo branco com franja
Mulher procurou a polícia e afirmou ser vítima sequestrada há 16 anos

De acordo com nota divulgada pela Polícia Civil, também foi solicitado um exame prosopográfico, que realiza uma comparação entre fotografias faciais para verificar se duas imagens pertencem à mesma pessoa.

A mulher relata que passou a desconfiar da origem familiar quando uma tia afirmou que ela seria adotada. Ela reencontrou a sua suposta família biológica quando buscou na internet histórias de desaparecimentos e sequestros compatíveis com a sua idade.

Últimas notícias