MT cobrará valor da tornozeleira. “Nada mais justo”, diz governo

Hoje o Mato Grosso conta com 5.963 monitorados por tornozeleira eletrônica, e 65 pessoas usando botões do pânico

atualizado 24/11/2021 12:18

Tornozeleira eletrônicaHugo Barreto / Metrópoles

O governador Mauro Mendes (DEM) ressalta que a regulamentação da lei que permite a cobrança aos reeducandos pelo uso da tornozeleira é uma medida que faz justiça à sociedade, que ainda arca com os prejuízos causados pelos criminosos.

A regulamentação foi publicada na sexta (19/11). Além da tornozeleira, também passará a ser cobrado o uso do botão do pânico por parte dos agressores. Hoje Mato Grosso conta com 5.963 monitorados por tornozeleira eletrônica e 65 pessoas usando botões do pânico.

Saiba mais no RD News, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias