Minas Gerais: homem é multado por descumprir ordem de isolamento

Ele desobedeceu a quarentena que devia fazer pois sua esposa está em tratamento após ter sido infectada pelo novo coronavírus

Um homem que trabalha em uma empresa de transporte coletivo e deveria ficar em quarentena foi notificado pela Guarda Municipal de Contagem (MG). Ele desobedeceu à medida de isolamento que devia cumprir, pois sua esposa está em tratamento após ter sido infectada pelo novo coronavírus.

O homem assinou um termo de responsabilidade de isolamento domiciliar de que ficaria em casa, mas a Secretaria Municipal de Contagem informou ao G1 que ele continua trabalhando normalmente.

O comandante da Guarda Municipal, Levi Sampaio, disse que a Secretaria de Saúde, ao saber que uma pessoa está com a Covid-19, informa os familiares e/ou quem mora com o enfermo sobre o isolamento social. Então, a moradia e as pessoas passam a ser monitoradas.

No dia 13 de abril, a Prefeitura da cidade começou a multar pessoas e estabelecimentos que não obedecem às recomendações de isolamento.

O valor dessas multas varia entre R$ 500 e R$ 5 mil, com chance de cadeia para pessoas físicas. Para empresas, o montante vai de R$ 5 mil a R$ 30 mil.