Menino de 8 anos baleado no Rio é operado e segue em coma

Kaio Guilherme estava em um centro de reforço escolar, onde a mãe dele trabalha. Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso

atualizado 18/04/2021 17:42

Reprodução

Rio de Janeiro – O menino Kaio Guilherme da Silva Baraúna, 8 anos, baleado na noite desse sábado (17/4) em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro, foi transferido para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, onde foi operado e segue internado, em coma, no CTI pediátrico da unidade. De acordo com a direção do hospital, o quadro de saúde da criança é “muito grave”.

O garoto estava em um centro de reforço escolar, onde a mãe dele trabalha, na comunidade Vila Aliança, quando foi atingido na cabeça. O menino é a 81ª criança vítima de bala perdida no Rio desde 2007.

A Polícia Civil do Rio abriu inquérito para apurar de onde partiu o tiro e já ouviu depoimentos de familiares e moradores do local.

A mãe do garoto, Thais Silva, conversou com a reportagem da Rádio BandNews FM e contou que os alunos participavam de uma comemoração.

No momento em que Kaio Guilherme foi atingido, ele estava na fila para receber uma pintura artística. Ainda de acordo com o relato da mãe, não havia tiroteio ou operação na região.

Últimas notícias