Maia estende a mão à equipe econômica para aprovar reformas

No meio da tensão entre Bolsonaro e Congresso, presidente da Câmara assegura à equipe de Guedes que manterá calendário das votações

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

atualizado 28/02/2020 20:36

No meio da tensão entre Legislativo e Executivo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acena para governistas com a possibilidade de preservação da agenda de reformas. A mensagem de paz foi divulgada pelo Twitter na noite desta sexta-feira (28/02/2020).

A disposição de pautar as propostas de interesse da equipe econômica, segundo Maia, foi comunicada ao secretário adjunto de Fazenda, Esteves Colnago. “Garanti […] que o Brasil pode contar com a Câmara pra aprovar as reformas”, escreveu o parlamentar ao compartilhar uma notícia do jornal O Globo sobre as preocupações da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, em relação aos atritos entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o Congresso.

O final do tuíte faz uma referência suave e genérica às investidas do chefe do Executivo sobre o Parlamento. “Incompreensões e turbulências não vão tirar nem o foco, nem a serenidade dos parlamentares”, completou Maia.

Últimas notícias