Mãe é presa por transportar tabletes de cocaína na bolsa do filho bebê

Aos agentes da Guarda Municipal, ela confessou que não foi a primeira vez que cometeu o crime e que receberia R$ 8 mil pelo serviço

atualizado 06/07/2020 14:25

divulgação

Uma mãe de 19 anos foi flagrada pela Guarda Municipal de Dourados, no Mato Grosso do Sul, por esconder cinco tabletes de cocaína na bolsa do filho de 8 meses e no próprio corpo, no sábado (04/07). Ela chamou atenção dos agentes do terminal rodoviário da cidade por não estar usando máscara de proteção contra o novo coronavírus, como decreta o município.

Ao ser abordada, ela aparentou estar nervosa e contou histórias desconexas, até que confessou que estava transportando drogas. A mulher chegou a falar que morava no Paraguai e que estaria indo a São Paulo, mas não soube identificar o motivo e o local exato da viagem.

Na bolsa do bebê, estava escondido um tablete de pasta de cocaína, além de três tabletes da droga. Outros dois tabletes estavam presos ao seu corpo com fitas adesivas, descobertos durantes revista pessoal na suspeita.

A jovem confessou que esta não é a primeira vez que usa o filho como disfarce para o transporte do entorpecente e que receberia R$ 8 mil pelo serviço. 

O material apreendido foi encaminhado à  Delegacia de Polícia Federal e a criança ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Últimas notícias