Lancha atropela turistas em Angra dos Reis (RJ). Duas pessoas morrem

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, o condutor da embarcação foi preso em flagrante e autuado por duplo homicídio culposo

Uma lancha atropelou quatro pessoas por volta das 12h desta sexta-feira (30/3) na Lagoa Azul, em Ilha Grande, no sul fluminense, deixando dois mortos e dois feridos. Segundo a Polícia Civil, Alexandre da Silva Leite, de 43 anos, faleceu no local. Outras três foram socorridas e levadas em uma outra embarcação até o cais de Santa Luzia, no centro da cidade de Angra.

Em seguida, eles receberam os primeiros atendimentos do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil municipal. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Geral de Japuíba. Mas, de acordo com informações do jornal O Estado de São Paulo, Walquíria de Almeida Barros, de 29 anos, estava em estado grave e morreu. As outras duas vítimas, Natacha de Oliveira Soares, de 27 anos, e Camila Martinez Precoma, de 30 anos, continuam internadas. Contudo, o estado de saúde de ambas ainda não foi divulgado.

Segundo a prefeitura de Angra, as vítimas eram turistas que tinham saído em um passeio de saveiro a partir da Vila do Abraão, em Ilha Grande. O barco parou na Lagoa Azul, para que os visitantes pudessem nadar no mar. Foi quando a lancha os atropelou.

Segundo ainda reportagem do jornal O Estado de São Paulo, o condutor da embarcação, identificado como João Tiago do Nascimento Guimarães, foi preso em flagrante por agentes da Capitania dos Portos e, em seguida, levado para a delegacia. Lá, ele foi autuado por duplo homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e dupla lesão corporal.

Guimarães disse, em depoimento, que ocorreu um defeito na lancha alugada. O autor do acidente estava devidamente habilitado e realizou o teste do bafômetro, cujo resultado foi negativo. (com informações do jornal O Estado de São Paulo)